Agricultura de Precisão e a Geofísica

Uma das questões mais importantes na agricultura de precisão é determinar os critérios específicos para o manejo da plantação, com base na variabilidade das características do solo e das propriedades hidrológicas. Determinar a variabilidade das propriedades do solo muitas vezes exigem amostragens repetitivas e de alta densidade, o que é caro, demorado e trabalhoso.

Uma das vantagens da adoção, na agricultura de precisão da tecnologia de geofísica, é a identificação de variabilidade relacionada com a produtividade das propriedades do solo com precisão e de forma barata e eficiente.

FIG 01

Figura 1 – Equipamento de GPR (a esquerda) e de eletrorresistividade (a direita).

Os métodos de eletrorresistividade e GPR (do inglês “Ground Penetrating Radar”), executados pela Geoanalisys, podem ser utilizados com eficiência para identificar as variações de umidade e espessura de níveis de solo.

A metodologia de eletrorresistividade mede as características de resistividade e condutividade do solo e isso está diretamente relacionado com a umidade, permeabilidade e com a composição do solo. Abaixo é possível observar um mapa de resistividade elaborado pela Geoanalisys, onde as regiões centrais indicam maior umidade e baixa condutividade hidráulica. Isso significa que a região em cinza está sujeita a empoçamento de água e consequente má drenagem.

fig 02

Figura 2 – Mapa de eletrorresistividade do solo indicando variação no nível de umidade.

Diversas culturas necessitam de solos bem drenados e condições deficientes de drenagem geram a limitação e apodrecimento de raízes, causando a perda de produtividade do empreendimento agrícola.

fig 03

Figura 3 – Comparação do desenvolvimento de raízes em solo com drenagem adequada e solo com saturação de água próximo a superfície.

Com o mapa de resistividade é possível projetar soluções de drenagem eficientes e que uniformizem as condições de crescimento das culturas agrícolas. Um exemplo é a figura abaixo, onde foram construídas trincheiras com material drenante, a fim de escoar o excesso de água do campo para o canal de drenagem uniformizando as condições de umidade no campo de plantio.

fig 04

Figura 4 – Exemplo de otimização de drenagem em campo de plantio.

O GPR ou Georadar (do inglês “Ground Penetrating Radar”) é um método eletromagnético que mede a variações das ondas eletromagnéticas emitidas da superfície e refletidas pelo solo. Isso permite definir variações texturais, de umidade, e identificar objetos enterrados. Isso significa identificar a espessura dos níveis de matéria orgânica e como a umidade se distribui nos diferentes horizontes, otimizando o uso de fertilizantes e da irrigação.

fig 05

Figura 5 – Radargrama comparado com o perfil de solo teórico, indicando os horizontes orgânico (O), A, B e C.

A Geoanalisys possui corpo técnico diversificado e altamente qualificado com grande experiência prática que identificam, atendem e superam as expectativas de nossos clientes. Isso tudo realizado com equipamentos, softwares e técnicas de alta capacidade de acordo com as melhores práticas do mercado mundial. Portanto entre em contato conosco para podermos identificar onde nossa ajuda vai permitir você tirar mais rendimentos da sua plantação.

 

Fonte das imagens

http://www.extension.umn.edu/agriculture/water/agricultural-drainage/soil-water-concepts/

http://www.omafra.gov.on.ca/english/engineer/facts/10-091.htm

http://www.soilsensor.com/soiltypes.aspx

Nenhum comentário ainda